• Maria Antônia Nery

CONVERSA COM DERMATOLOGISTA

A nossa autoestima é algo que afeta completamente o modo que vivemos ou a forma que nos vemos. Sempre procuramos saídas para que nossa aparência nos agrade mais, seja fazendo exercícios, maquiagem, mudando o cabelo, ou realizando procedimentos estéticos.

Os procedimentos estéticos estão se tornando cada vez mais comuns. Foto: Reprodução/Freepik Nensuria

Os procedimentos estéticos foram ganhando o mercado ao longo do tempo, e evoluindo juntamente com a tecnologia. Hoje em dia, há uma vasta gama de opções que podemos escolher, de acordo com nosso objetivo.


Hoje, convidamos a dermatologista Grasiela Monteiro, para contar sua história e explicar um pouco mais sobre o procedimento que está chamando atenção no momento: o preenchimento por ácido hialurônico. Formada há 17 anos, Grasiela, atualmente, está na área de Cosmiatria, uma subespecialidade da área de dermatologia cujo foco são os tratamentos e procedimentos estéticos realizados de forma profissional.


E: Como surgiu a sua intenção de virar dermatologista?

G: Ainda antes da faculdade de Medicina eu já gostava muito do assunto cuidados com a pele, pois minha mãe e tias trabalhavam como esteticistas e vendedoras de produtos de beleza, e isso sempre me agradou. Já na faculdade, cursando a disciplina de Dermatologia com professores maravilhosos a paixão aumentou, e eu já desenvolvia atividades como monitora da disciplina e também coordenadora da área de Dermatologia nas Ações Comunitárias da UCS, prestando atendimento gratuito à comunidade carente.


E: O que você mais gosta na profissão?

G: O que eu mais gosto na minha profissão é de ajudar as pessoas.


E: Há quanto tempo atua na área?

G: Terminei minha graduação na UCS em 2003, são 17 anos de formada. Para me tornar Dermatologista foram mais 4 anos após a graduação, fiz 2 anos de Residência Médica em Medicina Interna e mais 2 anos de Residência em Dermatologia no Ambulatório de Dermatologia Sanitária em Porto Alegre, onde há quatro anos, atuo como professora na área de Cosmiatria.

E: Você realiza diversos procedimentos estéticos, e entre eles um muito popular, o ácido hialurônico. Para que ele pode ser utilizado?

G: Às vezes o paciente chega com o olhar cansado, olheiras profundas, bochechas caídas, cantinhos da boca virados para baixo, passando uma imagem de triste e cansado e com esse procedimento sendo realizado de forma segura e eficaz ele já sai melhorado, com um aspecto mais leve e descansado. O paciente sai radiante e feliz e isso é muito gratificante. Uma das coisas que eu mais prezo nesse procedimento é a naturalidade e individualização dos resultados, as pessoas não podem sair todas com a mesma “cara”. Além disso, a segurança deve sempre ser levada em conta, por isso é importante escolher um médico expert na área e que saiba manejar qualquer possível evento adverso.


E: Para quem é indicado?

G: É indicado para correção de rugas, sulcos, olheiras, aumento ou reposição do volume dos lábios, bigode chinês, melhora do contorno facial e quando surgirem os primeiros sinais de flacidez.


E: Qual o tempo de efeito?

G: O ácido hialurônico é degradado e totalmente eliminado do nosso organismo ,a duração do procedimento é em média 12-18 meses. Após esse período são necessárias sessões de manutenção.


E: Como você se sente ao saber que contribui para aumentar a autoestima de muitas pessoas?

G: Quando elas se sentem mais bonitas a autoestima e o amor próprio são resgatados, melhora a sua qualidade de vida e fico muito feliz em fazer parte desse processo tão comovente e gratificante.


E: Sobre os outros procedimentos que realiza, qual você mais gosta de realizar? Qual o que mais impacta, na sua opinião?

G: Dentro da Cosmiatria realizamos muitos procedimentos médicos como a aplicação de toxina botulínica (botox), preenchimento com ácido hialurônico, bioestimulação, laser, peeling, microagulhamento robótico, ultrassom microfocado. Um dos procedimentos que eu mais gosto de realizar é a aplicação de ácido hialurônico, pois o procedimento é realizado em consultório, praticamente indolor e o resultado já aparece imediatamente.


E: Qual o seu maior orgulho na profissão?

G: Um dos maiores orgulhos na minha profissão é ter começado numa clínica muito simples e pequena e através da confiança dos meus pacientes e de suas indicações ter crescido ao longo dos anos com muita dedicação e trabalho. Outro grande fator motivador é trabalhar com educação, me sinto muito realizada colaborando com a formação dos dermatologistas mais jovens. Esse ano tive convite e fui palestrar em inglês num congresso muito importante da minha área em janeiro, em Paris, sobre a aplicação de toxina botulínica e posso dizer que foi um momento de grande satisfação. Já pude palestrar também na Ásia no ano passado, e esse ano tive convite para palestrar nos Estados Unidos.


Apesar de todas essas opções, não devemos deixar de lembrar que a idade é algo natural, e as nossas linhas de expressão nada mais são do que marcas de boas e longas risadas, de sorrisos dados e das vezes em que choramos de emoção. São sinais de uma vida bem vivida e bem aproveitada!

59 visualizações