Janice Moraes é agraciada com o prêmio Mérito e Conquista!


Janice Moraes Educadora
Foto: Studio 7 / Divulgação

Como educadora, nada mais justo do que conhecermos a história magnifica da profissional Janice Morais, contemplada com o Prêmio MC Brasil, na categoria Gestão Educacional, pelas palavras da mesma. Confira abaixo!

Leonina, gremista, mãe de Leandro, sogra da Angélica, avó de João Pedro, esposa do Nilvo, aos 60 anos, 38 dedicados ao Magistério Público Estadual, eu, Janice Terezinha Zambarda Moraes vim de Santiago na Região centro-oeste do estado para Caxias em 1996, com muita honra, afirmo: para fazer a diferença na vida escolar de mais de 50 mil alunos, suas famílias e seus colegas professores. Tenho muita gratidão por Caxias do Sul, me acolheu, colocou oportunidades na minha mão e Deus deu-me sabedoria para não deixá-las passar, aproveitei cada uma. Errei? Obvio... e muito! Mas em cada erro veio o aprendizado, a vontade de fazer certo, tentar outra vez e JAMAIS julgar as pessoas. Tenho certeza que ao escolher a minha profissão tinha consciência dos desafios, da responsabilidade e do compromisso assumido.


Janice Moraes e Familia
Foto: Arquivo Pessoal / Divulgação

Filha de Anauri e Clair Moraes (ambos in memoriam) sinto muito orgulho e gratidão por todos os valores, ensinamentos e amor que recebi. Quando falo na minha família sempre a emoção toma conta, pois não existe no mundo família melhor que a minha; Um por todos e todos por um! É muito amor ! Sou graduada em Pedagogia, Pós Graduada em Supervisão Escolar pelaUFSM e especialista em Gestão Escolar pela UFRGS.


Comecei no magistério em 1982 há 39 anos, muito jovem, com a disciplina de Relações Humanas num curso de Técnico em Contabilidade. Todos os alunos bem mais velhos do que eu. Mais uma vez pensei no meu grande compromisso. Aprendi muito mais com eles do que eles comigo. Procurava tornar minhas aulas agradáveis e atrativas para atender aqueles alunos queridos que vinham de um dia exaustivo de trabalho .

Viemos para Caxias em busca de qualidade de vida, sucesso pessoal e profissional e com muito trabalho atingimos nossos objetivos com êxito.


Trabalhei no Emílio Meyer, acompanhando cada passo de sua evolução e vivendo junto a comunidade escolar momentos importantes. Fui supervisora, vice-diretora do turno da manhã concomitantemente com sala de aula, atendendo os alunos na disciplina de Ensino Religioso á noite e depois na direção me dedicando com afinco minhas atribuições.




Enquanto Diretora do Emilio Meyer continuei a acreditar nos meus princípios básicos lá do inicio da minha carreira procurando estar em constante evolução. Aprendi muito no decorrer dos anos, passei a ter mais paciência, tolerância e desenvolvi com muita propriedade meu bom senso. A experiência me deixou bem mais próxima dos colegas, dos alunos e das famílias com quem mantive sempre um ótimo relacionamento. O carinho que recebia constantemente me dava força e coragem para continuar...


Sempre acreditei ser possível fazer educação de qualidade dentro da escola publica desde que toda comunidade se envolvesse neste propósito e visando as exigências da sociedade contemporânea na qual as pessoas devem ser cada vez mais qualificadas, consegui dar continuidade a projetos de valorização da vida, profissional e pedagógica, procurei promover a integração dos segmentos e interdisciplinaridade, tornando a escola um local de trabalho agradável, com muitas ações de respeito a individualidade, coleguismo e principalmente companheirismo. Pensando numa gestão escolar responsável democrática e transparente fiquei na direção do Emílio por 13 anos sendo 5 de vice-diretora do turno da manhã na gestão da minha grande amiga Maria Helena Tomasi, fonte de grande inspiração. Minha gratidão eterna a essa comunidade escolar que permitiu a minha entrada para sua história e marcou para sempre a minha vida.



Quando saí em 2015 para assumir o cargo de Coordenadora Adjunta na 4ª CRE deixei a escola com o coração partido mas em ótimas mãos, posso afirmar que o Emílio Meyer é uma escola de qualidade.


A caminhada na 4ª CRE inicia-se como adjunta do estimado Paulo Perico que assumiu como titular. Fizemos um trabalho de parceria, respeito e confiança até seu afastamento para concorrer a vereador. Mais uma vez a vida colocava no meu caminho uma tremenda oportunidade de provar qual era o meu verdadeiro potencial. Meu universo mudou radicalmente. De responsável por uma escola com 80 profissionais e 1200 alunos passei a gerir 122 escolas, 5000 profissionais e 51 mil alunos em 14 municípios. A primeira ação foi conhecer esse universo que eu não poderia simplesmente “imaginar”. Visitei todas escolas, procurei atender todas demandas, nem sempre consegui, tive muitas decepções mas diante da grandiosidade que vivi, dos conhecimentos que adquiri, das amizades que conquistei, elas desapareceram. Sempre pude contar com uma equipe responsável e competente, ficavam nos bastidores mas trabalhavam duro , sou imensamente grata a todos que trabalharam comigo.


Janice Moraes e Tite
Foto: Arquivo Pessoal / Divulgação

Tenho muito orgulho da minha trajetória. Minha certeza de ter deixado um lindo legado se confirma ao ser procurada até hoje por famílias, ex-alunos, crianças na época hoje homens e mulheres de grande sucesso, que reconhecem a importância da escola em suas vidas e se propõe a colaborar como é o caso do nosso amado Técnico da Seleção, o Tite. Dias atrás me procurou para saber no que poderia ajudar nosso Emílio e que contava com a minha visão gestora e por colegas professores, funcionários que demonstram carinho e admiração pelo que fui, pelo que sou e pelo que fiz. Digo a vocês que foi difícil, porém difícil não é sinônimo de impossível. Pode acontecer que os outros não valorizem o quanto custou esse trabalho. Não faz mal. Sou um caso de sucesso.


Me aposentei em 2017 porém fiquei frente a 4ª CRE até setembro de 2019. Hoje sinto muito orgulho e gratidão em dizer que sou VOLUNTÁRIA do Mão Amiga, um dos projetos sociais dos capuchinhos motivado pelo Frei Jaime Bettega por quem tenho uma profunda admiração e do grupo incentivador da Moeda Mão Amiga.



Quando soube do prêmio pensei, que raridade um professor ter seu trabalho reconhecido. Então, este prêmio não é meu somente, é de todos professores que fazem a diferença na vida das pessoas. Mérito e Conquista , PROFESSORES, O PRÊMIO É DE VOCES.


Gratidão meu Deus por tanto!!


Norteei minhas ações nas palavras de Chico Xavier: Cada pessoa é aquilo que crê, fala do que gosta, retém o que procura, ensina o que aprende, tem o que dá e vale o que faz.

17 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo