• Maria Antônia Nery

BULLET JOURNAL

Manter-se organizado, durante uma rotina caótica, e tentar manter um registro de suas atividades, e saúde, pode ser um grande problema, principalmente, com todas as distrações que estão ao nosso redor. Para se manterem mais firmes, algumas pessoas começaram a adotar o bullet journal.

Foto/Reprodução Pexels Bich Tran.

O bullet journal é como um caderno, mas quem decora e escolhe o que irá nele, é seu dono. Muitos usuários definem como terapêutico e calmante o ato de poder desenhar e abusar dos objetos de papelaria do jeito que quiser, e dando o seu próprio toque. Além disso, estamos no início do ano, a época perfeita para iniciar um, e se você não sabe o que colocar nele, elencamos algumas coisas básicas que podem te ajudar!


1- Comece nas primeiras páginas com o básico: contatos, um calendário anual e suas informações, como nome completo, tipo sanguíneo, peso, altura, idade, e assim por diante;


2- Depois, algumas pessoas preferem fazer páginas dedicadas para que se possa escrever (ou desenhar) os objetivos para o ano, livros que quer ler, filmes ou seriados para serem assistidos;


3- O próximo passo é separar e identificar as páginas para os meses e decidir como você irá separar. Pode ser dividido de forma diária ou semanal. Você pode decorar as páginas com doodles, e na identificação do mês, desenhar símbolos que o representem, como ovos de páscoa em abril, ou sol e mar para dezembro;


4- É importante deixar páginas, no final de cada vez, para monitorar seus hábitos. Você pode fazer tabelas e ir preenchendo com as principais atividades que você faz no mês, controlar suas horas de sono e também checar o seu humor. Geralmente, algumas pessoas, optam pelo monitoramento de humor diário.


Se você está sem inspiração, você pode procurar exemplos na internet. Alguns sites, inclusive, possuem layouts prontos!

21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo