• Maria Antônia Nery

Fashion Week Digital e o futuro dos desfiles


Coleção Etro na Milan Digital Fashion Week - Foto: milanofashionweek.cameramoda.it

Em meio a pandemia que o mundo vive, muitas coisas precisaram ser repensadas e replanejadas para se adaptar ao novo normal. Os desfiles de moda foram um deles. Desfiles estes. que chegavam a reunir 250 convidados ou lotar grandes locais, agora. tiveram que migrar para o meio digital, ou os mais relutantes, diminuir exponencialmente seu público.


Durante os dias 14 a 17 de julho de 2020, ocorreu a primeira edição da Milão Digital Fashion Week, reunindo desfiles de 37 marcas e dois shows ao vivo das marcas Dolce&Gabbana e Etro. Além de grandes nomes como Versace, Gucci e Moschino, também contou com representantes do projeto Together for Tomorrow, Nervi, Bav Tailor e Flavialarocca são alguns exemplos. O Together for Tomorrow é uma parceria com o Camera Moda Fashion Trust, feito para apoiar a nova geração de designers. que enfrenta ainda mais dificuldades no momento atual. para ganhar reconhecimento no mercado.

A Digital Fashion Week de Milão foi um evento histórico e totalmente novo para esse meio, mas que causou relutância em algumas marcas, que ainda preferiram realizar suas próprias mostras de coleção na forma física, como foi o caso do Fashion Show da Etro, com 80 convidados.


Mas não foram os únicos. O estilista Jacquemus levou cerca de 100 convidados para um campo de trigo perto de Paris, escolha de locação na qual fez o estilista bombar na mídia internacional. A coleção Dior Cruise 2021 foi apresentada na Piazza del Duomo, na Itália, contando com uma companhia de dança local.


Quando se fala em futuro, há marcas que pretendem adotar práticas que respeitem o distanciamento social e seguir com o modo on-line, mas não se sabe ao certo se a mudança permanecerá, visto que a Paris Fashion Week já confirmou que os defiles de setembro ocorrerão de forma presencial, assim como a Milão Fashion Week.


72 visualizações